Fluminense se atrai por lateral da seleção peruana para substituir Gilberto, mas esbarra em janela

Clube abriu conversa por Advíncula, só que prazo para contratação internacional acaba segunda

Em busca de um substituto para Gilberto, vendido na última quarta-feira para o Benfica, de Portugal, o Fluminense começou olhando para fora do país. O lateral-direito Advíncula, do Rayo Vallecano, da Espanha, e da seleção peruana, foi oferecido e agradou nas Laranjeiras, conforme noticiado pelo site “NetFlu”. O ge apurou que a diretoria abriu conversas com o empresário do jogador de 30 anos. Porém, o negócio é considerado complicado principalmente pelo fator tempo.

A janela de transferências internacionais no Brasil se fecha nesta segunda-feira, dia 10, e só reabrirá no dia 13 de outubro. Seriam poucos dias úteis para realizar toda a operação e registrar o atleta na CBF, o que é praticamente inviável. E esperar dois meses para voltar à carga também não está nos planos. Desta forma, as negociações não avançaram.

A não ser que Advíncula tenha o seu contrato rescindido dentro do prazo de contratações na Espanha, que vai de 4 de agosto a 5 de outubro, o que possibilitaria uma negociação com clubes de qualquer outro país mesmo fora da janela.

Advíncula está desde o fim da Copa do Mundo de 2018 no Rayo Vallecano, que o comprou em definitivo no ano passado por € 3 milhões de euros (cerca de R$ 18,7 milhões) – curiosamente o mesmo valor da venda de Gilberto, dividido entre Fluminense e Fiorentina, da Itália. O clube espanhol tem mais dois anos de contrato com o lateral-direito, até junho de 2022, mas como não conseguiu voltar para a Primeira Divisão pode se ver forçado a negociar o jogador. Quem faz a intermediação é a empresa G7 Football e o empresário Tiago Guadagno.

Lateral já esteve no CT Carlos Castilho e ganhou camisa do Fluminense — Foto: Reprodução / FluTV

Lateral já esteve no CT Carlos Castilho e ganhou camisa do Fluminense — Foto: Reprodução / FluTV

No Brasil, Advíncula já jogou pela Ponte Preta em 2013, quando estava emprestado pelo Hoffenheim, da Alemanha, e esteve no CT Carlos Castilho no ano passado. Durante a Copa América, a seleção do Peru utilizou as instalações do Fluminense para treinar no Rio de Janeiro, e todos os jogadores peruanos foram presenteados com camisas tricolores personalizadas. Entre eles estava o próprio lateral-direito, que ganhou a de número 17 e foi um dos mais empolgados na ocasião.

Com ou sem reforço para a posição, o Fluminense vai jogar as primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro com um lateral-direito prata da casa. A tendência é que Igor Julião, que já era o reserva imediato de Gilberto, seja o titular contra o Grêmio neste domingo, às 19h (de Brasília), na Arena do Grêmio, enquanto Calegari corre por fora na disputa. Em enquete do ge, porém, o garoto foi o favorito dos torcedores, enquanto Julião ficou em terceiro, atrás ainda de Daniel Lima.

Portal GloboEsporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *