Cimadec atualiza Mapeamento de Feições em área de instabilidade de solo

Trabalhos em campo terão início nesta quinta-feira (25) na Rua Camaragibe, bairro de Bebedouro

Profissionais do Centro Integrado de Monitoramento e Alerta de Defesa Civil de Maceió (Cimadec) iniciam nesta quinta-feira (25) a atualização do Mapeamento de Feições na área de instabilidade de solo que afeta os bairros Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto. O trabalho faz parte das ações de monitoramento dos bairros.

Para o mapeamento, as equipes estarão em campo analisando as feições já mapeadas anteriormente pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e durante o monitoramento realizado pela Defesa Civil de Maceió nos bairros, e identificando novas feições que tenham aparecido na área delimitada do Mapa de Setorização de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias.

“Como o aparecimento de feições é um dos causadores dos riscos associado ao bairro, a ideia é fazer este reconhecimento de feição para saber até onde está evoluindo todo o cenário. Atualizar aquelas já identificadas e mapear as que forem surgindo, delimitando a área que estão atingindo”, explicou o geólogo do Cimadec, Antonioni Guerrera.

Os trabalhos em campo têm início nesta quinta-feira (25) no bairro de Bebedouro, onde as equipes iniciarão as análises das feições na Rua Camaragibe. Durante a pesquisa, haverá necessidade de entrar em algumas unidades habitacionais ou comerciais que porventura estejam sob a área da feição para melhor mapeamento.

As feições são deformações no solo associada a sua movimentação. Atualmente, a área afetada pela instabilidade de solo em decorrência da atividade de mineração registra duas principais movimentações, que vêm sendo monitoradas pelo Cimadec.

“Vale ressaltar que essas movimentações têm intensidades diferentes de acordo com a região. Em vias práticas, a consequência direta dessa movimentação é o que chamamos de feição. Que são os fraturamentos que ocorrem no solo. Então, aquelas fissuras, rachaduras, tricas que vemos nas edificações ou nas vias, ela está associada as feições. E essas feições, ou seja, o fraturamento que ocorre no solo devido a sua movimentação vem gerando danos estruturais na superfície”, completou o geólogo.

A Defesa Civil de Maceió informa que os profissionais que farão o levantamento estarão identificados com colete da instituição e estarão na área com carro plotado. Em caso de dúvida, a população pode entrar em contato com o órgão através do número 199 e confirmar a presença dos técnicos na região onde mora.

Flávia Duarte/ Ascom Defesa Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *